<$BlogRSDUrl$>

sexta-feira, março 26, 2004

Raio de Sol 

O Sol brilha, o arco iris ilumina o horizonte, os pássaros cantam.
Estou feliz, deve ter sido do almoço, que me caiu como nunca!
Acho que vou pintar uma parede de cor de rosa, para dar sorte!
Viva o hoje, o futuro seguramente será fantástico.

Belheccc 

Sempre gostava que me explicassem, embora não acredite que exista explicação:
Porque raio é que as mulheres nascem com pêlos se é suposto e absolutamente determinante que não os exponham e que os "aniquilem" mal tenham quase 2 mm?
Que droga! ter de pensar em tal assunto, perder tempo e dinheiro com ele, aguentar algum sofrimento desnecessário e ainda ouvir alguma "boquinha" foleira se por acaso nos distraímos e deixamos chegar aos 3 mm!
Abençoadas (ou ExtraTerrestres) as gajas que nascem sem eles!
Tarados os gajos que agora deram em aderir ao "sou lindo com pele de cobra!"e passam horas no salão a torturar-se.
Desculpem o desabafo, mas ainda estou sob a pressão do: sofri, gastei tempo e dinheiro! Ok fiquei linda não há dúvida, mas se Deus nos deu estas pernas lindas porque raio se lembrou de nos castigar com estes malfadados "adornos". Belheccc!

quarta-feira, março 24, 2004

Carta de uma "Tia" modernaça... 

Madalena,

Gostei imenso de ver as tuas fotografias, parece-me a mim que desde a última vez que te vi de relance estás maiorzinha e com óptimo aspecto.

Claro que essa tua boa vida (sempre de olhos fechados) me faz uma inveja descomunal, bolas quem me dera! Aproveita bem, porque não vai ser sempre assim.

Precisamos de ter uma conversinha tu e eu, se a tua mãe estiver a abusar no cor-de-rosa, nas rendas, nos folhos, nas fitas, nos ganchos, nos perfumes, manda-me uma sms, ou um mail que eu tenho uma conversinha com ela, e por favor, eu sei que é difícil, mas aguenta-te, tem compreensão, ele só teve meninos, que não dão azo a essas mariquices, por isso é natural que abuse.

De qualquer maneira, podes sempre dar-lhe umas pistas, diz-lhe que gostas de verde, laranja e amarelo, que umas calças de ganga sempre foram o teu sonho, leva-a a uma loja de desporto e dá-lhe a entender que aqueles ténis da Nike combinariam bem com as calças de ganga, mas não exageres, não sejas uma Maria Rapaz, ou ela tem uma desilusão descomunal, procura sempre evidenciares o teu lado feminino, procura ter conversas sobre a importância dos saldos na tua vida, a tua dúvida entre o verniz bege ou o lilás, ou o aceitares ou não o convite do bom do João para saíres.

E sobretudo, tenta escapares-te das tias, das irmãs, dos avós que se põem com «da-da-das», enquanto te apertam as bochechas, com se tu não fosses já um mulher independente e não percebesses que o Durão Barroso pouco mais tempo se aguentará a conduzir os destinos deste nosso país.

Bem, é como te disse, aproveita bem a mãe por perto, mima-a muito de vez em quando brinda-a com uma gracinha (mas não as repitas muito, porque se não ela vai passar a vida a pedir-te que as faças em frente do pai, dos manos, da avó, da vizinha, da dona do supermercado, etc..), procura não exagerares durante a noite, e n saíres até muito tarde, porque sabes que a mãe fica sempre à tua espera e depois durante o dia anda a cair de sono, e com a comida vê lá se te habituas às papas de frutas que eu sei que não se comparam com os hamburgers do Mcdonal's e nem sequer trazem um brinquedo como o Happy Meal, mas são muito nutritivas e menos calóricas, por isso pensa que esse é um sacrifício por manter a linha!

Bem dá cumprimentos meus a todos e um beijo especial para ti e para a tua mamã!

sexta-feira, março 19, 2004

PAI 

Nem foi preciso acordá-lo, hoje. Todos os dias parece uma pedra (com sono), hoje parecia uma avezinha, cheia de energia, esvoaçante.

Pai, hoje é o teu dia, gosto muito de ti. Logo outra vózinha se juntou ao coro desta declaração de amor.

Engoliram o pequeno almoço, vestiram-se num ápice. Pronto Pai, podemos ir para o colégio.

A prenda de casa é insignificante perante os preciosos e dedicados trabalhos do colégio.

E lá foi o Pai, feliz, para a sala dum às 9.30 e para a sala do outro às 10.00.
Houve trabalhos partilhados, digitintas, barros, desenhos e afins, houve senhores em camisa, de fato e gravata a partilhar momentos de ternura com os seus meninos.

Do colégio sairam Pais felizes e ricos, pois possuem tudo o que de melhor há na vida: crianças lindas e orgulhosas dos pais que com elas partilham momentos como este.

Em casa, espera-se ansiosamente o regresso do pai, pois existe uma filha que ainda não lhe ofereceu hoje o seu mais belo e sincero sorriso.

terça-feira, março 16, 2004

O que seria??? 

A 1ª frase do “Equador” de Miguel Sousa Tavares é tão forte que me levou a pensar, a meditar, a dissertar!
Ei-la: “Depois de as coisas acontecerem, é quase irresistível reflectir sobre o que teria sido a vida se se tem feito diferente.”

Com aqueles altos e baixos, do tipo interruptor, de que a vida é feita, as recordações são reconfortantes, mas...

Confesso que se o caminho tivesse sido por um trilho diferente, teria mudado muito o rumo que tomou.

Talvez não fosse tão feliz, ou fosse uma felicidade diferente, talvez nem tivesse casado, nem tivesse estes filhos maravilhosos, talvez nem estivesse entre os vivos neste momentos.

Agora não quero mudar absolutamente nada, quero continuar esta missão, este destino, este rumo que tomei.

Sei que se tivesse feito tudo de maneira diferente, teria sido muito diferente.

Sei que se continuar por este caminho vou engordar pelo menos uns 20 kg, pois ainda não parei de comer o toblerone que me trouxeram das neves!

Já agora, publicamente (ahahaha), um obrigado e um desculpa!

Obrigada André pelo teu fantástico bólide. DESCULPA tê-lo devolvido tão sujo. Fico a dever-te uma super lavagem!

sexta-feira, março 12, 2004

AMOR 

À minha princesinha, que faz hoje 2 meses.

Na linda voz da saudosa Elis Regina

Oh, Madalena
O meu peito percebeu
Que o mar é uma gota
Comparado ao pranto meu
Fique certa
Quando o nosso amor desperta
Logo o sol se desespera
E se esconde lá na serra
Eh Madalena
O que é meu não se divide
Nem tão pouco se admite
Quem do nosso amor duvide.
Até a lua se arrisca num palpite
Que o nosso amor existe
Forte ou fraco, alegre ou triste

Oh, Madalena, Madalena, Madalena, Madalena
Oh Ma, oh Mada, oh Madale
Oh Madale, le, le, le oh Ma, oh Mada






quinta-feira, março 11, 2004

Pela PAZ 

Estou chocada, horrorizada, a violência tomou proporções inimagináveis.

Espanha está virada do avesso, cada vez mais mortos, mais feridos, onde é que isto vai parar???

11 de Março é só uma coincidência, parece que agora resolveu fazer-se actos destas dimensão aos dias 11.

Não tenho qualquer dúvida de que foi a ETA, a 2 dias das eleições quem mais poderia ser! Árabes...porque razão? o país mais ameaçado talvez seja França, nunca Espanha.

Amanhã, dia 12, pelas 13h00 em frente à residência oficial de Espanha, na Praça de Espanha. Um apelo a todos, espanhóis residentes e portugueses em geral, pela PAZ, solidários com o nosso país vizinho.
Acima de tudo CONTRA A VIOLÊNCIA.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?